Saiba como funcionam e quais as vantagens dos principais apps de aluguel de bike.


Evindência em expansão no Brasil, os sistemas de compartilhamento de bikes estão se tornando cada vez mais comuns pelas ruas da cidade. Com eles, você utiliza uma bike por tempo e valor variáveis de um jeito simples e prático. Por estas facilidades, estes apps estão se proliferando no país e os que estão em alta são o Bike Sampa (do Itaú), CicloSampa (do Bradesco) e o Yellow Bike (do 99Táxis).


Bike Sampa: Presente nas cidades de Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Salvador, o Bike Itaú é um serviço em constante aprimoramento. Em São Paulo, o plano é atingir em breve 260 pontos de retirada com 2.600 bikes disponíveis. Pelo app você assina o seu plano de uso, entre vários disponíveis, pois não é mais possível desfrutar com custo zero, que fez a fama do app. Agora você precisa escolher um, nem que seja o mais básico, que já garante viagens ilimitadas de até uma hora, com intervalos de 15 minutos entre elas. As bikes são potentes, ergonômicas, leves e robustas, com marchas para três velocidades.

Ciclo Sampa: A Bradesco Seguros é a patrocinadora do CicloSampa. Hoje são 17 estações que interligam os pontos cicloviários já existentes e você pode pedalar gratuitamente por 30 minutos. Depois disso, você deve aguardar 7 minutos para poder retirar novamente outra bicicleta. Se ultrapassar os 30 minutos, será cobrada uma taxa de R$ 6,00 a cada período de 30 minutos excedidos. Funciona todos os dias das 6h às 22h e as bikes têm três marchas, seus pneus não furam, têm faróis de LED e cesta para pequenos volumes.

Yellow Bike: No Yellow Bike, as bikes não ficam presas a estações, mas sim nas calçadas, em um sistema conhecido como “dockless” e para usar, você precisa desbloquear um cadeado por meio do app. É também por este aplicativo que você encontra a mais próxima para você pegar e usar. As amarelinhas estão disponíveis nas principais cidades do Brasil como São Paulo, BH, Brasília, Curitiba, Floripa, Recife, RJ entre outras, mas a intenção é de expandir muito mais suas operações e chegar em cidades de outros países como Bogotá, Buenos Aires, Cidade do México, Montevidéu e Santiago.

Elas não possuem marcha, mas em compensação o aluguel do serviço é bem atrativo, com a cobrança de R$ 1,00 a cada 15 minutos de uso, podendo acrescentar recargas no próprio aplicativo.

Seja para trabalhar, treinar ou curtir a cidade, é certo que o aluguel de bikes veio para ficar e você pode escolher qual mais se encaixa na sua necessidade, naquele exato momento.


E para não perder o foco vamos para mais um treino da semana:

Terça-feira Treino: 3km em (60-64%) + 4x(9km em fc 75-81% (esforço que consegue ficar até 3hrs) e giro=cadência em 80rpm + 2km rítmo mais forte, com giro a 70rpm + 1km leve), contínuo + 3km 60-64% + alongar - total 54km

Quinta-feira Treino: 3km em 60-64% + 45' em fc 65-74%, subida de 6% de inclinação câmbio leve, sentado no selim, com até 2km de distância (sobe e desce continuamente, sempre ("atacando os últimos 30m da subida") + 3km em leve e plano + 45' com fc 75-80%,  subida com inclinações variáveis de 6 a 11% e até 1km de distância (sobe e desce continuamente, sempre ("atacando os últimos 30m da subida") + 4km plano em 60-64% + alongar

Sábado Treino: 90km câmbio livre e percurso com subidas de até 18% de inclinação, mas na média algo em torno de 8%.

Este treino deve ser executado em circuito longo ou estrada, ou seja, o máximo contínuo possível. Lembre-se da alimentação e hidratação.

2 visualizações

SIGA A YELLOW

KOM

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

TUBARÃO

  • Instagram
  • Facebook